você já se perguntou Por que o chefe de uma equipe de beisebol é chamado de gerente e o chefe de uma equipe de basquete é chamado de treinador? (Este é o tipo de coisas que eu às vezes pondero em longas viagens de avião.)

a resposta tem que fazer não apenas com as diferenças óbvias entre os dois esportes, mas também com a forma como os jogadores são treinados e gerenciados durante os jogos. Assim como o beisebol e o basquete são dois esportes muito diferentes, coaching e gestão são duas atividades muito diferentes. Um tem a ver com dirigir, o outro tem a ver com ensinar.

Gerenciar é tudo sobre dizer, dirigir, Autoridade, necessidades imediatas, e um resultado específico. O Coaching envolve a exploração, facilitação, parceria, melhoria a longo prazo e muitos resultados possíveis.

durante um jogo de beisebol, o gerente se concentra principalmente na estratégia e gestão do fluxo do jogo. Ele decide quem lança e quando. Ele posiciona os jogadores no campo com base nas tendências do batedor. E ele envia comandos para treinadores, que então dizem aos jogadores quando balançar, quando tomar um arremesso, e como correr as bases.

no basquetebol, o treinador tem a mesma autoridade que um treinador de beisebol, mas ele se envolve mais com a ação no campo. Ele chama jogos e esquemas defensivos para os jogadores, mas eles são então livres para implementar esses jogos (usando suas habilidades e conhecimento do jogo) como eles acham melhor. Durante os intervalos, o treinador desenha peças na prancheta. Ele oferece encorajamento, apoio e sugestões. E ele instrui os jogadores sobre como reagir a muitos resultados possíveis, dependendo do que a outra equipe faz.Obviamente, os papéis e responsabilidades de um treinador de beisebol e basquete sobrepõem-se. Mas enquanto o gerente de beisebol se concentra na autoridade e direção, o treinador de basquete trabalha em mais de uma capacidade de ensino/facilitação.

o que tudo isso tem a ver com a liderança empresarial? Mais do que pensas.Nos negócios, temos de ser treinadores e gestores. Para liderar eficazmente, precisamos saber quando usar o chapéu.

a gestão envolve um estilo mais Directivo, orientado para as tarefas, que só deve ser utilizado sob determinadas condições. Normalmente produz os melhores resultados numa situação de crise, quando alguém nunca fez a tarefa antes, ou quando tem pouca ou nenhuma confiança na sua capacidade de o fazer.

Coaching funciona melhor para fins de desenvolvimento, especialmente quando você tem uma equipe de profissionais competentes já executando em um nível razoavelmente alto. Uma vez que você define ganhar para a sua organização, os membros da equipe podem precisar de sua orientação e apoio. Mas na maioria dos casos eles não devem precisar de direção.

saber quando dirigir, delegar ou desenvolver é fundamental para a eficácia da Gestão. Determine que estilo é apropriado baseado na tarefa em mãos e não no indivíduo. Muitas vezes, as pessoas vão precisar de uma combinação de estilos, dependendo da complexidade da tarefa atribuída, sua experiência com a tarefa, e os níveis de competência necessários para completá-la com excelência.

directa quando o trabalhador tem uma competência baixa a moderada com as competências e capacidades necessárias para completar a tarefa. Certifique-se de definir a excelência (o quê, como e quando), e fornecer detalhes (modelos, Exemplos, etc.) para que a pessoa possa alcançar o resultado desejado. Direta quando uma pessoa:

  • É novo em um papel
  • É novo para a empresa
  • É novo para o cliente/cliente
  • Tem novas responsabilidades no trabalho ou tarefas
  • Tem novas formas de trabalho

Delegar, quando o funcionário tem de moderada a alta competência. Mais uma vez, defina excelência para que ambos os lados tenham clareza em torno do objetivo. Então deixe o empregado determinar a abordagem que eles vão tomar e mantê-lo informado sobre o seu progresso. Fazer perguntas e fornecer direção e apoio específico quando necessário. Delegado quando uma pessoa tem:

  • Alguma experiência na função
  • Um registro de trilha ou de competência
  • Uma tarefa sensível ou cliente
  • Confiança em suas habilidades
  • Semelhante formas de trabalho

Desenvolver-se quando o empregado tem alta competência e alto comprometimento com a tarefa. Então defina excelência e saia do caminho! Dar muito reconhecimento para a conclusão bem sucedida da tarefa. Então, determine o próximo desafio da pessoa. Desenvolver-se quando a pessoa:

  • Tem vasta experiência em
  • Tem demonstrado evidências de competência
  • Tem experimentado semelhante clientes ou tarefa sensibilidades
  • É crescente de novas competências
  • Está tentando novas abordagens

às Vezes, temos de treinador e, às vezes, temos que administrar. Mas quanto mais tempo pudermos passar delegando e desenvolvendo, mais eficazes seremos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

lg